Geral

Pergunta: Qual é o nome do serviço Windows real?
Resposta: o gateway é chamado de serviço de gateway de dados local em Serviços

Pergunta: Quais são os requisitos para o gateway?
Resposta: Dê uma olhada na seção Requisitos do artigo principal sobre gateway.

Pergunta: Quais fontes de dados têm suporte no gateway?
Resposta: Confira a tabela de fontes de dados no artigo principal sobre gateway.

Pergunta: Preciso de um gateway para fontes de dados de nuvem como o Banco de Dados SQL do Azure?
Resposta: Não. O serviço poderá se conectar à fonte de dados sem um gateway.

Pergunta: Existem conexões de entrada para o gateway por meio da nuvem?
Resposta: não. O gateway usa conexões de saída ao Barramento de Serviço do Azure.

Pergunta: O que acontecerá se eu bloquear as conexões de saída? O que preciso abrir?
Resposta: Veja a lista de portas e hosts usados pelo gateway.

Pergunta: O gateway precisa ser instalado no mesmo computador que a fonte de dados?
Resposta: não. O gateway será conectado à fonte de dados usando as informações de conexão fornecidas. Nesse sentido, considere o gateway como um aplicativo cliente. Ele apenas precisa conseguir se conectar ao nome do servidor que foi fornecido.

Pergunta: Qual é a latência para a execução de consultas em uma fonte de dados do gateway? Qual é a melhor arquitetura?
Resposta: É recomendável ter o gateway o mais próximo possível à fonte de dados a fim de evitar a latência de rede. Se você conseguir instalar o gateway na fonte de dados real, isso minimizará a latência introduzida. Considere também os datacenters. Por exemplo, caso seu serviço esteja fazendo uso do datacenter do Oeste dos EUA e você tiver o SQL Server hospedado em uma VM do Azure, é recomendável ter a VM do Azure também no Oeste dos EUA. Isso minimizará a latência e evitará encargos de saída na VM do Azure.

Pergunta: Há algum requisito de largura de banda de rede?
Resposta: É recomendável ter uma taxa de transferência suficiente para sua conexão de rede. Cada ambiente é diferente e isso também depende da quantidade de dados enviados. O uso do ExpressRoute pode ajudar a garantir um nível de taxa de transferência entre os datacenters locais e do Azure.

Você pode usar o aplicativo Azure Speed Test de terceiros para ajudar a medir sua taxa de transferência.

Pergunta: O serviço Windows do gateway pode ser executado com uma conta do Azure Active Directory?
Resposta: não. O serviço Windows precisa ter uma conta válida do Windows. Por padrão, ele será executado com o SID do Serviço, NT SERVICE\PBIEgwService.

Pergunta: Como os resultados são enviados de volta para a nuvem?
Resposta: Isso é feito por meio do Barramento de Serviço do Azure. Para obter mais informações, veja como isso funciona.

Pergunta: Em que local minhas credenciais são armazenadas?
Resposta: As credenciais que você inserir para uma fonte de dados são armazenadas criptografadas no serviço de nuvem do gateway. As credenciais são descriptografadas no gateway local.

Pergunta: Posso colocar o gateway em uma rede de perímetro (também conhecida como DMZ, zona desmilitarizada e sub-rede filtrada)?
Resposta: O gateway precisa de conectividade com a fonte de dados. Se a fonte de dados não estiver acessível na sua rede de perímetro, o gateway não poderá se conectar a ela. Por exemplo, o SQL Server talvez não esteja na sua rede de perímetro. Além disso, não é possível se conectar ao SQL Server por meio da rede de perímetro. Se você tivesse colocado o gateway na rede de perímetro, ele não seria capaz de acessar o SQL Server.

Pergunta: é possível forçar o gateway a usar o tráfego HTTPS com o Barramento de Serviço do Azure em vez do TCP?
Resposta: Sim. No entanto, isso reduzirá o desempenho significativamente. Talvez você queira modificar o arquivo Microsoft.PowerBI.DataMovement.Pipeline.GatewayCore.dll.config. Convém alterar o valor de AutoDetect para Https. Este arquivo está localizado, por padrão, em C:\Arquivos de Programas\Gateway de dados local.

Pergunta: preciso colocar a lista de IP do Datacenter do Azure na lista branca? Onde posso obter a lista?
Resposta: se você estiver bloqueando o tráfego de saída de IP, talvez seja necessário colocar a lista de IP do Datacenter do Azure na lista branca. Atualmente, o gateway se comunicará com o Barramento de Serviço do Azure usando o endereço IP, além do nome de domínio totalmente qualificado. A lista de IP do Datacenter do Azure é atualizada semanalmente. Você pode baixar a lista de IP do Data Center do Microsoft Azure.

<setting name="ServiceBusSystemConnectivityModeString" serializeAs="String">
    <value>Https</value>
</setting>

Alta Disponibilidade/Recuperação de Desastre

Pergunta: Existem planos para habilitar cenários de alta disponibilidade com o gateway?
Resposta: Sim. Eles estão disponíveis com a oferta Power BI Premium. Para obter mais informações, consulte Power BI Premium.

Pergunta: Quais são as opções disponíveis para a recuperação de desastre?
Resposta: Você pode usar a chave de recuperação para restaurar ou mover um gateway. Ao instalar o gateway, forneça a chave de recuperação.

Pergunta: Qual é a vantagem de usar a chave de recuperação?
Resposta: Ela fornece uma maneira de migrar ou recuperar suas configurações de gateway. Também é usada para a recuperação de desastre.

Solução de problemas

Pergunta: Em que local os logs do gateway estão localizados?
Resposta: Confira a seção Ferramentas do artigo sobre solução de problemas.

Pergunta: Como posso ver quais consultas estão sendo enviadas à fonte de dados local?
Resposta: Você pode habilitar o rastreamento de consultas. Isso incluirá as consultas que estão sendo enviadas. Lembre-se de alterá-lo para o valor original quando concluir a solução de problemas. Habilitar o rastreamento de consultas fará com que os logs sejam maiores.

Você também pode examinar as ferramentas que sua fonte de dados tem para o rastreamento de consultas. Por exemplo, para o SQL Server e o Analysis Services, é possível usar os Eventos Estendidos ou o SQL Profiler.

Analysis Services

Pergunta: Posso usar msdmpump.dll para criar mapeamentos personalizados de nome de usuário efetivo para o Analysis Services?
Resposta: Não. Não há suporte para isso no momento.

Pergunta: Posso usar o gateway para me conectar a uma instância multidimensional (OLAP)?
Resposta: Sim! O Gateway de Dados Local oferece suporte a conexões ao vivo tanto com modelos Tabulares quanto modelos Multidimensionais do Analysis Services.

Pergunta: e se eu instalar o gateway em um computador em um domínio diferente do meu servidor local que usa a autenticação do Windows?
Resposta: Não há nenhuma garantia nesse caso. Tudo depende a relação de confiança entre os dois domínios. Se os dois domínios diferentes estiverem em um modelo de domínio confiável, o gateway poderá se conectar ao servidor do Analysis Services e o nome de usuário efetivo poderá ser resolvido. Caso contrário, poderá ocorrer uma falha de logon.

Pergunta: Como posso descobrir qual nome de usuário efetivo está sendo transmitido para meu servidor local do Analysis Services?
Resposta: Respondemos a essa pergunta no artigo de solução de problemas.

Pergunta: Tenho 25 bancos de dados no Analysis Services. Existe uma maneira de habilitar todos eles para o gateway de uma só vez?
Resposta: não. Esse recurso já está em nossos planos, mas não temos previsão de quando será liberado.

Administração

Pergunta: Posso ter mais de um administrador para um gateway?
Resposta: Sim! Quando você gerencia um gateway, é possível ir para a guia do administrador para adicionar outros administradores.

Pergunta: O administrador do gateway precisa ser um administrador no computador em que o gateway está instalado?
Resposta: não. O administrador do gateway é usado para gerenciar o gateway no próprio serviço.

Pergunta: Posso impedir que os usuários de minha organização criem um gateway?
Resposta: não. Esse recurso já está em nossos planos, mas não temos previsão de quando será liberado.

Pergunta: Posso obter informações de uso e de estatísticas dos gateways de minha organização?
Resposta: não. Esse recurso já está em nossos planos, mas não temos previsão de quando será liberado.

Power BI

Pergunta: Preciso atualizar o gateway pessoal? Resposta: Não, você pode continuar usando o gateway pessoal do Power BI.

Pergunta: com que frequência os blocos em um painel no Power BI são atualizados quando conectados por meio do Gateway de Dados Local?
Resposta: Cerca de dez minutos. As conexões do DirectQuery são exatamente assim. Isso não significa que um bloco emite uma consulta ao servidor local e mostra novos dados a cada dez minutos.

Pergunta: Posso carregar pastas de trabalho do Excel com modelos de dados do Power Pivot que se conectem a fontes de dados locais? Preciso ter um gateway para este cenário?
Resposta: Sim, você pode carregar a pasta de trabalho. Não, não é necessário ter um gateway. Mas, como os dados residem no modelo de dados do Excel, os relatórios do Power BI baseados na pasta de trabalho do Excel não serão dinâmicos. Você precisaria carregar novamente uma pasta de trabalho atualizada cada vez que desejasse atualizar os relatórios no Power BI. Se preferir, use o gateway com a atualização agendada.

Pergunta: Se os usuários compartilharem dashboards que têm uma conexão do DirectQuery, os outros usuários poderão ver os dados mesmo que não tenham as mesmas permissões?
Resposta: Para um painel conectado aos Serviços de Análise, os usuários verão apenas os dados que eles tiverem acesso. Se os usuários não tiverem as mesmas permissões, não poderão ver os dados. Para outras fontes de dados, todos os usuários compartilharão as credenciais inseridas pelo administrador para aquela fonte de dados.

Pergunta: É necessário ter uma licença Pro para usar o gateway?
Resposta: Sim.

Pergunta: Os usuários precisam ter uma licença Pro ao interagir com um dashboard ou relatório que usa o gateway?
Resposta: Sim.

Pergunta: por que não consigo me conectar ao servidor do Oracle?
Resposta: talvez seja necessário instalar o cliente Oracle e configurar o arquivo tnsnames.ora com as informações de servidor apropriadas para se conectar ao servidor Oracle. Essa é uma instalação separada fora do Gateway. Para obter mais informações, consulte Instalando o cliente Oracle.

Pergunta: o gateway funcionará com o ExpressRoute?
Resposta: Sim. Para obter mais informações sobre o ExpressRoute e o Power BI, consulte Power BI e ExpressRoute.

Consulte também

Gateway de dados local
Detalhes sobre o gateway de dados local
Solução de problemas do Gateway de dados local
Mais perguntas? Experimente a Comunidade do Power BI