Se desejar ver os dados usados para criar uma visualização, você poderá exibi-los no Power BI ou exportá-los para o Excel como um arquivo .xlsx ou .csv.

Assista a Will exportar os dados de uma das visualizações de seu relatório, salvá-los como um arquivo .xlsx e abri-los no Excel. Em seguida, siga as instruções passo a passo abaixo do vídeo para testá-la por conta própria.

De uma visualização em um painel do Power BI

  1. Selecione as elipses no canto superior direito da visualização.

  2. Escolha o ícone Exportar dados .

  3. Os dados são exportados para um arquivo .csv. Se o visual for filtrado, os dados baixados também serão filtrados.

  4. O navegador solicitará que você salve o arquivo. Após salvá-lo, abra o arquivo .csv no Excel.

De uma visualização em um relatório

Para continuar, abra o Relatório de exemplo de análise de aquisições no Modo de Exibição de Edição. Adicionar uma nova página de relatório em branco. Em seguida, siga as etapas abaixo para adicionar uma agregação e um filtro de nível de visualização.

  1. Criar um novo gráfico de coluna. No painel Campos, selecione Localização > Cidade e Fatura > Porcentagem de Desconto.

  2. Alterar a agregação de Porcentagem de Desconto de Contagem para Média. Na seção Valor, selecione a seta à direita de Porcentagem de Desconto (poderá estar como Contagem de porcentagem de desconto) e escolha Média.

  3. Adicione um filtro para Cidade para remover Atlanta.

    Agora estamos prontos para experimentar as duas opções de exportação de dados.

  4. Selecione as elipses no canto superior direito da visualização. Escolha Exportar dados.

  5. Se a sua visualização tem uma agregação (um exemplo seria se você alterou Contagem para média, soma ou mínimo), você terá duas opções: Dados resumidos e Dados subjacentes. Para entender melhor as agregações, consulte Agregações no Power BI.

  6. Selecione Dados resumidos > Exportar e escolha .xlsx ou .csv. O Power BI exporta os dados. Se você aplicou filtros à visualização, os dados serão exportados da maneira que foram filtrados. Ao selecionar Exportar, o navegador solicitará que você salve o arquivo. Após salvá-lo, abra o arquivo no Excel.

    Dados resumidos: selecione essa opção se você não tiver nenhuma agregação ou se tiver uma agregação, mas não desejar ver a divisão completa. Por exemplo, se você tiver um gráfico de barras mostrando quatro barras, você obterá quatro linhas de dados. Os dados resumidos estão disponíveis como arquivos .xlsx e .csv.

    Neste exemplo, a nossa exportação do Excel mostra um total para cada cidade. Como filtramos e retiramos Atlanta, ela não está incluída nos resultados. A primeira linha da nossa planilha mostra os filtros que foram usados ao extrair os dados do Power BI.

  7. Agora experimente selecionar Dados subjacentes > Exportar e escolher .xlsx. O Power BI exporta os dados. Se você aplicou filtros à visualização, os dados serão exportados da maneira que foram filtrados. Ao selecionar Exportar, o navegador solicitará que você salve o arquivo. Após salvá-lo, abra o arquivo no Excel.

    Aviso: a exportação de dados subjacentes permite que os usuários vejam todos os dados detalhados – todas as colunas nos dados. Os administradores de serviço do Power BI podem desativar esse recurso para sua organização. Se for o proprietário de um conjunto de dados, você poderá definir colunas proprietárias como "ocultas" para que elas não apareçam na lista Campos no serviço do Power BI ou na área de trabalho.

    Dados subjacentes: selecione essa opção se a visualização tiver uma agregação e você desejar ver todos os detalhes subjacentes. Basicamente, selecionar Dados subjacentes remove a agregação. Ao selecionar Exportar, os dados são exportados para um arquivo .xlsx e o navegador solicita que você salve o arquivo. Após salvá-lo, abra o arquivo no Excel.

    Neste exemplo, a nossa exportação do Excel mostra uma linha para cada linha única de Cidade do nosso conjunto de dados e a porcentagem de desconto para aquela entrada única. Em outras palavras, os dados são nivelados e não agregados. A primeira linha da nossa planilha mostra os filtros que foram usados ao extrair os dados do Power BI.

Limitações e considerações

  • O número máximo de linhas que pode ser exportado para .csv é de 30.000.

  • O número máximo de linhas que pode ser exportado para .xlsx é de 150.000.

  • O Power BI dá suporte apenas à exportação em elementos visuais que utilizam agregações básicas. A exportação não está disponível em visuais que utilizam medidas de modelo ou de relatório.

  • No momento, não há suporte para visuais personalizados e visuais do R.

  • Se forem usados caracteres Unicode no arquivo .csv, o texto no Excel poderá não ser exibido corretamente. Apesar disso, abri-lo no Bloco de Notas funcionará bem. Exemplos de caracteres Unicode são símbolos de moeda e palavras estrangeiras. A solução para isso é importar o csv para o Excel em vez de abri-lo diretamente. Para fazer isso:

    1. Abrir o Excel
    2. Na guia Dados, selecione Obter dados externos > De texto.
  • Administradores do Power BI têm a capacidade de desabilitar a exportação de dados.

Próximas etapas

Dashboards no Power BI
Relatórios no Power BI
Power BI – conceitos básicos

Mais perguntas? Experimente perguntar à Comunidade do Power BI