Controle seu progresso e se mantenha atualizado

Ao clicar em Acompanhar progresso, você permite que a Microsoft forneça atualizações sobre os recursos de aprendizagem do Power BI a você por email. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

×

Ótimo! Você concluiu seu primeiro tópico!

Insira seu email para controlar seu progresso e se manter atualizado sobre os novos conteúdos de aprendizagem do Power BI.

Ao clicar em Acompanhar progresso, você permite que a Microsoft forneça atualizações sobre os recursos de aprendizagem do Power BI a você por email. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

×

Obrigado!

À medida que você progride na Aprendizagem Orientada, uma marca de seleção verde aparecerá ao lado de seus tópicos concluídos.

×

Você dominou os blocos de construção

Com a introdução concluída, prepare-se para mergulhar fundo!

Modelagem

Próximo Tópico

Como gerenciar as relações dos dados

Continuar

Assistir Novamente

Bem-vindo à seção Modelagem do curso Aprendizagem interativa sobre o Power BI. Esta seção mostra como fazer com que seus dados sejam conectados e estejam prontos para uso por meio do Power BI Desktop. Em geral, você se conectará a mais de uma fonte de dados para criar seus relatórios e precisará que todos esses dados trabalhem em conjunto. A modelagem é a maneira como você fará isso.

Para criar uma conexão lógica entre fontes de dados diferentes, você cria uma relação. Uma relação entre as fontes de dados permite que o Power BI saiba como as tabelas se relacionam, permitindo que você crie relatórios e visuais interessantes. Esta seção explica as relações (embora explique somente aquelas centrados em dados) e até mesmo mostra como criar relações quando não houver nenhuma.

Como sempre, neste curso, sua jornada de aprendizado segue o mesmo caminho que o fluxo de trabalho no Power BI. Ainda vamos usar o Power BI Desktop na maior parte desta seção, mas o trabalho feito aqui tem um efeito direto sobre o modo de trabalho no serviço do Power BI.

Introdução à modelagem de dados

Agora que examinamos como importar os dados e transformá-los, é hora de começar a modelagem.

Um dos pontos fortes do Power BI é que não é necessário nivelar os dados em uma tabela. Em vez disso, você pode usar várias tabelas de várias fontes e definir a relação entre elas. Você também pode criar seus próprios cálculos personalizados e atribuir novas métricas para exibir segmentos específicos do dados, bem como usar essas novas medidas em visualizações para uma fácil modelagem.