Uma pessoa trabalhando em um computador desktop

O que são painéis de KPI?

Os painéis de KPI são ferramentas que unem fontes de dados e fornecem comentários visuais imediatos, mostrando como está o desempenho de sua empresa em relação aos KPIs (indicadores chave de desempenho). Eles beneficiam os usuários fornecendo:

• Uma solução rápida e fácil para acompanhar KPIs e outras métricas comerciais.

• Uma exibição unificada de dados que amplia a visibilidade da integridade da empresa.

visualização de dados personalizáveis com indicadores de desempenho e de status.

Benefícios de uma ferramenta de KPI abrangente

Criando o painel de KPI com a mesma ferramenta ou plataforma que você usa para definir seus KPIs, você terá tudo de que precisa em um só lugar. Conforme você modificaR suas definições de KPI, fontes de dados ou destinos, essas atualizações serão preenchidas automaticamente nos painéis, economizando tempo e esforço valiosos.

O que é um KPI?

Um indicador chave de desempenho é um valor mensurável que mostra com que eficiência você está atingindo suas metas. Pense nos KPIs como o scorecard de sua empresa, uma forma de avaliar se você está alcançando seus objetivos ou não.

Por que os KPIs são importantes

A identificação e o acompanhamento dos KPIs permitem que você saiba se sua empresa está no caminho certo ou se você deve mudar de rumo para não perder tempo e dinheiro valiosos. Quando usados corretamente, os KPIs são ferramentas poderosas que ajudam a:

  • Monitore a integridade financeira da empresa.

  • Meça o progresso em relação a metas estratégicas.

  • Detecte problemas desde o início.

  • Faça ajustes oportunos nas táticas.

  • Motive os membros da equipe.

  • Tome melhores decisões mais rápido.

Como começar a identificar os KPIs que são importantes para sua empresa? Para começar, esclareça seus objetivos estratégicos, coletivamente ou por departamento.

Essas metas ajudarão você a identificar quais KPIs são importantes para sua empresa. A seleção de KPIs relevantes dependerá inteiramente desses objetivos e da capacidade de medir seu desempenho em relação a eles.

Em seguida, identifique as metas de KPI nas quais você está trabalhando e como elas serão medidas. Lembre-se de que podem ser metas de curto e longo prazo.

Converse com sua equipe e incentive o diálogo aberto sobre os KPIs e suas metas. Elas são muito agressivas? Muito fáceis? As metas devem ser desafiadoras, mas se forem inviáveis ou dependerem inteiramente de métricas que sua equipe não controla, convém reformulá-las. Você também poderá explorar as atividades e táticas que sua empresa usará para atingir as metas. Por último, reserve um tempo para avaliar onde você está hoje. Esse será o seu ponto de partida para os KPIs.

Conheça os diferentes tipos de KPIs

Quando você tem um melhor entendimento dos tipos de KPIs mais usados para medir o progresso, fica mais fácil identificar quais KPIs você deve acompanhar.

  • KPIs quantitativos são todos os fatos mensuráveis que podem ser representados com um número. Pense em estatísticas, percentuais e cifrões.

  • KPIs qualitativos envolvem interpretações humanas e não podem ser quantificados com números. Pense em opiniões, sentimentos e experiências.

  • KPIs atrasados medem o que já aconteceu no passado para prever o êxito ou a falha. Trata-se de olhar para trás e refletir sobre o que você já conquistou ou que lhe causou dificuldades.

  • KPIs principais medem o desempenho para prever o sucesso futuro e tendências de longo prazo. Trata-se de olhar adiante para onde você está indo.

KPIs principais e atrasados costumam ser usados juntos. Assim como os KPIs quantitativos e qualitativos, eles são um bom ponto de partida.

Para cada KPI que você decidir acompanhar, atribua um proprietário e estabeleça a frequência de acompanhamento. Sejam quais forem os KPIs que você decidir acompanhar, o uso de uma plataforma ou ferramenta de KPI é fundamental para colaborar com sua equipe nas definições de KPI. Definindo coletivamente cada KPI e, em seguida, capturando dados contextuais e unificando-os em uma única exibição, você possibilita ações pontuais em tempo real.

Exemplos de painéis de KPI

Os painéis de KPI eficazes reúnem todos os KPIs de que você precisa para acompanhar seus objetivos estratégicos, estabelecendo uma representação visual de todas as métricas relevantes lado a lado, em um só lugar. Confira estes Exemplos de painéis de KPI e considere algumas das principais métricas associadas que provavelmente convém acompanhar:

Eficácia do marketing

  • Desempenho de palavra-chave
  • Tempo médio na página
  • Taxa de conversão
  • Pontuação média de cliente potencial
  • Índice de clientes potenciais do tráfego no site

Serviço de atendimento ao consumidor

  • Pontuação de satisfação do cliente
  • Custo por chamada
  • Tempo da primeira resposta
  • Taxa de retenção de clientes
  • Tempo médio de resolução

Integridade financeira

  • Lucros e perdas
  • Índice atual
  • Fluxo de caixa operacional
  • Taxa de queima de capital
  • Despesas de fornecedor

Desempenho de TI

  • Tempo médio para reparo
  • Tempo de inatividade do servidor
  • ROI de TI
  • Tíquetes não resolvidos por funcionário
  • Projetos entregues dentro do orçamento

Relatórios de KPI

Os relatórios de KPI levam a um novo patamar as informações apresentadas no painel de KPI. Eles se aprofundam nos dados para obter análises e informações mais detalhadas.

Um relatório de KPI ajuda os participantes e os membros da equipe a identificar tendências ou gargalos ao longo de um período específico, para que possam tomar decisões melhores. Os tópicos dos relatórios podem incluir:

  • Insights sobre as operações diárias da empresa.

  • Integridade financeira da empresa em relação aos KPIs direcionados.

  • Tendências ou padrões de destaque apresentados pelos dados.

  • Análise mais profunda dos dados para auxiliar na tomada de decisões estratégica.

Para criar seu relatório de KPI, primeiro determine o público-alvo e o objetivo do relatório. Por exemplo, talvez você queira mostrar aos participantes da empresa o progresso do terceiro trimestre em direção à sua meta de receita. Verifique se todos os KPIs relatados no relatório apontam para esse tema central.

As considerações adicionais para a criação dos relatórios de KPI incluem:

  • Explorar modelos de relatórios de KPI que podem já estar incluídos em sua ferramenta ou plataforma de KPI.

  • Definir uma cadência para a frequência dos relatórios.

  • Decidir se seu relatório será estático ou interativo, para análises mais detalhadas dos dados.

  • Apresentar apenas os KPIs relevantes para que você não sobrecarregue o relatório com KPIs que não correspondem às metas do relatório.

  • Garanta que o relatório seja claro, fácil de entender e prático para o público-alvo.

Práticas recomendadas de KPI

Para ajudá-lo a aproveitar ao máximo a capacidade dos KPIs, compilamos algumas dicas para você começar.

Identificar KPIs:

  • Selecione apenas KPIs que estejam alinhados com suas metas específicas. Se seus objetivos não forem claros, a comparação dos KPIs com eles será complicada.
  • Use KPIs diferentes para as mesmas metas se abrangerem departamentos. Por exemplo, o departamento de marketing terá KPIs diferentes da equipe de vendas.
  • Garanta que, para todos os KPIs selecionados, haja uma equipe principal responsável pela definição deles.

Monitorar KPIs:

  • Explore os diferentes painéis, gráficos de visualização e modelos disponíveis em sua ferramenta ou plataforma de KPI para selecionar as opções ideais para suas metas.
  • Inclua dados iniciais para comparação, de modo que o painel mostre uma representação real do desempenho e do progresso da empresa ao longo do tempo.
  • Determine uma cadência para monitorar e agir em relação aos KPIs. Os painéis de KPI são monitorados diária ou semanalmente? As ações são executadas após a emissão de relatórios ou os participantes e/ou os membros da equipe estão capacitados a ajustar as táticas ao longo do caminho?

Erros comuns de KPI

Evite estes erros comuns de KPI:

1. Seleção de KPIs que não são essenciais para suas metas estratégicas. Embora seja inteligente acompanhar suas métricas de negócios relevantes, nem todas as métricas merecem o status de KPI.

2. Adotar KPIs mal definidos ou vagos. Colabore com sua equipe para definir os KPIs com detalhes específicos sobre como eles serão medidos. Caso contrário, você terá dificuldade em atingir suas metas.

3. Definir metas de KPI vagas ou inviáveis. É melhor definir metas mais realistas com base em dados históricos, recursos e táticas atuais. Considere se concentrar em um período específico ou definir metas de curto e longo prazo.

4. Acompanhar KPIs sem responsáveis. A responsabilidade é importante, não apenas para os resultados, mas também para o processo. Cada KPI deve ter um proprietário responsável por monitoramento, relatórios, análise e ação.

5. Deixar de agir em relação a seus KPIs. Esteja você atingindo suas metas ou ficando para trás, os KPIs são ferramentas para ajudá-lo a tomar decisões melhores. Portanto, não acompanhe só por acompanhar: aja.

Crie painéis de KPI facilmente com a ferramenta certa

Ao escolher uma solução de painel de KPI, procure proteção de dados simples e de ponta a ponta para painéis de dados, com controles para compartilhamento fora da organização. Dessa forma, seus painéis e os relatórios de KPI protegerão a segurança de seus dados subjacentes de acordo com os parâmetros definidos. Para criar painéis de KPIs seguros e descobrir insights ocultos nos dados, explore o Microsoft Power BI.