Uma mulher num escritório

O que é o business intelligence?

O Business Intelligence (BI) ajuda as organizações a analisarem dados históricos e atuais, de modo a poderem desvendar rapidamente insights acionáveis para a tomada de decisões estratégicas. As ferramentas de business intelligence tornam isto possível ao processar vastos conjuntos de dados de várias origens e apresentar os resultados em formatos visuais fáceis de compreender e partilhar.

Como funciona o business intelligence

Há quatro passos fundamentais que o business intelligence segue para transformar dados não processados em insights fáceis de assimilar passíveis de serem utilizados por todos os elementos da organização. Os primeiros três, recolha, análise e visualização de dados, criam as condições necessárias para o passo final de tomada de decisão. Antes de utilizarem o BI, as empresas tinham de fazer grande parte da sua análise manualmente, Por sua vez, as ferramentas de BI automatizam muitos dos processos e poupam tempo e esforço às empresas.

Passo 1: Recolher e transformar dados de várias origens

Regra geral, as ferramentas de business intelligence utilizam o método de extração, transformação e carregamento (ETL) para agregar dados estruturados e não estruturados de várias origens. Estes dados são depois transformados e remodelados antes de serem armazenados numa localização central, para que as aplicações possam analisá-los e consultá-los facilmente como um único conjunto de dados abrangente.

Passo 2: Desvendar tendências e inconsistências

A extração de dados, ou deteção de dados, utiliza por hábito a automatização para analisar rapidamente os dados de modo a identificar padrões e valores atípicos que proporcionem um insight do estado atual do negócio. As ferramentas de BI apresentam, muitas vezes, vários tipos de modelação e análise de dados, incluindo de cariz exploratório, descritivo, estatístico e preditivo, que exploram mais aprofundadamente os dados, preveem tendências e fazem recomendações.

Passo 3: Utilizar a visualização de dados para apresentar os resultados

Os relatórios de business intelligence utilizam visualizações de dados para facilitar a compreensão e partilha dos resultados. Os métodos de criação de relatórios incluem dashboards, tabelas, gráficos e mapas de dados interativos que ajudam os utilizadores a perceber o que se está a passar no seu negócio nesse preciso momento.

Passo 4: Tomar medidas com base em insights em tempo real

A visualização dos dados atuais e históricos dentro do contexto e a par das atividades do negócio permite que as empresas passem rapidamente da teoria (proporcionada pelos insights) à prática. O business intelligence possibilita a realização de ajustes em tempo real e alterações estratégicas a longo prazo que eliminam ineficiências, permitem a adaptação às oscilações do mercado, corrigem problemas de fornecimento e resolvem problemas dos clientes.

Benefícios inerentes à utilização de ferramentas de business intelligence por parte das empresas

As ferramentas de business intelligence agilizam a análise das informações e a avaliação do desempenho. Por esta razão, são de grande utilidade para as empresas, na medida em que as ajudam a reduzir ineficiências, sinalizar potenciais problemas, detetar novos fluxos de receitas e identificar áreas de futuro crescimento.

Alguns dos benefícios específicos de que as empresas usufruem quando utilizam o BI incluem:

  • Aumento da eficiência dos processos operacionais.

  • Insight relativamente ao comportamento dos clientes e dos padrões de compra.

  • Controlo preciso das vendas, do marketing e do desempenho financeiro.

  • Pontos de referência claros baseados em dados históricos e atuais.

  • Alertas instantâneos sobre anomalias nos dados e problemas de clientes.

  • Análises que podem ser partilhadas em tempo real entre departamentos.

No passado, as ferramentas de business intelligence eram sobretudo utilizadas por analistas de dados e utilizadores de TI. Hoje em dia, as plataformas de BI self-service colocam o business intelligence à disposição de todos, desde os executivos às equipas de operações.

Veja como o business intelligence melhora a forma como o trabalho é feito em seis áreas fundamentais:

Experiência do cliente

Aceda a todas as informações dos clientes num único local, de modo a poder direcionar os recursos para áreas vitais que irão ter um impacto positivo na interação com os clientes e no respetivo suporte.

Vendas e marketing

Obtenha visibilidade sobre o desempenho das vendas e do marketing, o comportamento dos consumidores e as tendências de compra, para assegurar a eficácia das futuras iniciativas de marketing e respetivo contributo para o aumento das receitas.

Operações

Melhore as operações através da automatização das tarefas analíticas de rotina, da refinação dos processos, da redução das ineficiências e do aumento da produtividade.

Finanças

Utilize dashboards personalizados para obter uma visão holística do estado financeiro da empresa, estudar os dados históricos, calcular o risco e prever tendências.

Controlo de inventário

Automatize a análise de dados e a criação de relatórios para melhorar a gestão do inventário, acelerar o fornecimento e ajudar a antecipar as tendências de compra.

Segurança e conformidade

Centralize os dados para melhorar a precisão e a transparência, o que facilita a deteção de erros e problemas de segurança, e reduz os riscos de conformidade.

Quando avaliar as ferramentas de business intelligence, procure um produto que seja seguro, conforme, de confiança e que esteja globalmente disponível. Também deve integrar funcionalidades que permitam o acesso de toda a organização aos insights de BI, como, por exemplo, visualização de dados, dashboards, inteligência artificial e aprendizagem automática.

"Facilitou a vida aos nossos principais decisores ao fornecer-lhes as métricas de que precisam para fazer o seu trabalho e não terem de se debater com os dados para obter respostas. Flexibilidade, interatividade... basta começar."

Daksha R

Manager, Clinical Research Analytics

Exemplos de business intelligence na vida real

O business intelligence é aplicado de forma diferente de empresa para empresa e numa ampla variedade de setores: serviços financeiros, comércio e bens de consumo, energia, tecnologia, administração pública, educação, cuidados de saúde, fabrico e serviços profissionais. Seguem-se alguns exemplos de como o business intelligence está a ser utilizado por diferentes setores da indústria com vista a alcançar o sucesso.

Serviços Financeiros | Metro Bank

O Metro Bank utiliza o business intelligence para ligar todas as origens de dados e permitir que os utilizadores empresariais e a equipa de TI desenvolvam relatórios e soluções de BI, o que torna o negócio mais ágil e reativo. O suporte ao cliente, a banca online e os funcionários das agências são apenas algumas das equipas que utilizam as ferramentas de BI para melhorar a eficiência.

Cuidados de Saúde | Cerner

A Cerner desenvolveu um sistema de gestão da configuração na cloud para dar às equipas de operações comerciais de TI da empresa uma fonte de verdade para o respetivo inventário de gestão da configuração e dos recursos. Os colaboradores são capazes de desempenhar melhor as suas funções e investem o seu tempo a inovar e a implementar código, em vez de se dedicarem à simples manutenção dos recursos.

Fabrico | Cummins

A Cummins precisava de uma solução que equilibrasse a governação e a autonomia na criação de relatórios, incluindo ao mesmo tempo a análise avançada. Queria igualmente uma solução rentável que mantivesse vivo o espírito do self-service e que, ao mesmo tempo, proporcionasse às TI um maior controlo sobre como e onde os dados eram armazenados, acedidos e mantidos.

Leia mais histórias de sucesso

Introdução ao business intelligence

Explore como a sua organização pode utilizar as ferramentas de business intelligence, como o Microsoft Power BI, para trabalhar de forma mais eficiente e permitir que todos os elementos da empresa tomem decisões orientadas por dados.